A saúde é um recurso fundamental do indivíduo, da comunidade e da sociedade, sendo essencial que os utentes sintam que estão em segurança e ao cuidado dos melhores profissionais.

Num contexto particularmente sensível para a Saúde em Portugal como aquele que estamos presentemente a vivenciar, os jovens médicos necessitam de dar um sinal claro à sociedade de que estão efectivamente preocupados com o presente e futuro da saúde dos Portugueses.

A reforma do sistema, as questões éticas, os cortes orçamentais e as políticas de “racionamento” têm sido temas centrais das intervenções de muitos médicos o que se traduz numa crescente preocupação da nossa classe para toda essa problemática. Mais que nunca, é necessário assumir posições claras em matérias essenciais para a vida dos médicos e para a saúde dos cidadãos.

Por só poderem ser prestados cuidados de saúde de qualidade se o médico, neste caso em particular o jovem médico, tiver condições para tal, surge a necessidade de dar apoio directo e efectivo a projectos e acções de jovens médicos para o desenvolvimento do campo da saúde, além de fomentar e defender os seus interesses a todos os níveis, principalmente no que diz respeito à sua promoção sócio-profissional. 

Por tudo isto, promovemos a integração dos jovens médicos portugueses na comunidade médica nacional e internacional, encorajamos os jovens médicos a investigar e dinamizar a comunicação e o debate científicos e favorecemos o relacionamento com outras disciplinas e outras comunidades científicas e grupos sócio-profissionais.

A AJOMED é também uma organização humanitária visto que presta assistência médica sem fins lucrativos a diversas populações, e fomenta encontros de reflexão sobre problemas actuais com implicações no campo da medicina e do seu exercício.

Nesta linha evolutiva, também divulga análises da prática da medicina em Portugal, auxiliando-se em estudos direccionados e de matriz científica que suportem a credibilidade dos nossos pareceres, reflectindo não só a componente médica mas também as implicações legais, sociais e económicas que estão invariavelmente ligadas à esfera da saúde.

Somos consequentes com aquilo que transmitimos e por isso traçamos como objectivo a definição de uma agenda política de saúde própria para marcar o ritmo da AJOMED. Esse é o nosso compromisso, ao fazermos tudo o que está ao nosso alcance para salvaguardar a saúde e o bem-estar de quem nos honra com a sua escolha, os Portugueses.

António Marques Pinto

Presidente da Associação dos Jovens Médicos